O Regresso

Nota: 9/10
O Regresso é, sobretudo, um filme que fala de sobrevivência. Muito bem filmado, cenários que esbanjam beleza, cenas magnificamente produzidas e elenco afiado. Um filme que não é feito por qualquer diretor. O cara tem que ser bom. Além de tudo isso, é um filme sobre vingança. Logo a vingança, tema tão recorrente em Hollywood, viria a consagrar o saudoso Leonardo DiCaprio na sua infatigável busca pelo Oscar, digamos que, “se vingando" de todos os haters que julgavam que o ator não conseguiria tal façanha...
O ano é 1820. Acompanhamos de perto Hugh Glass (DiCaprio) - e quando digo isso é realmente de perto, pois a câmera tremida e na mão nos dá a constante sensação de estarmos presentes junto aos personagens - que junto a um outro grupo de mercenários ganha a vida caçando animais selvagens e arrancando seu couro que é de grande valia. Numa dessas caças, Glass é atacado por um urso (uma das cenas mais insanas que eu já vi, muito bem feita! Incrível mesmo, talvez a melhor do filme) e fica à beira da morte. Por respeito a sua contribuição, o grupo decide que um deles irá ficar e cuidar de Glass até a hora de sua morte, e um deles, o mercenário John Fitzgerald (Tom Hardy, numa atuação que também merecia o Oscar) se voluntaria para isso. No fim das contas, John não cumpre com sua palavra, e deixa o pobre Glass para morrer, numa floresta perigosa, cheia de predadores e indígenas traiçoeiros. Contudo, o inesperado acontece: Hugh Glass consegue sobreviver, e partirá numa busca desenfreada por vingança.

"The Revenant", 2015, 2h36m. Dirigido por Alejandro Gonzales Iñárritu, com Leonardo DiCaprio, Tom Hardy e Domhnall Gleeson

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bastardos Inglórios

Senna

Como Treinar o Seu Dragão 3