O Lagosta


Image result for the lobster poster
Nota: 8/10
Num futuro distópico, pessoas solteiras são mandadas para um hotel onde são submetidas a estranhos procedimentos enquanto conhecem indivíduos do sexo oposto. Elas precisam encontrar um par romântico e iniciar um relacionamento em até 45 dias, ou serão transformadas em um animal de sua escolha.
David (Colin Farrell, numa brilhante atuação) é um homem de meia-idade que levou um pé na bunda da mulher, e é obrigado a ir para o local. Ele vai acompanhado de seu irmão, que não obteve sucesso em seus 45 dias e foi transformado num cachorro, o animal mais escolhido pelas pessoas. David pensou muito em qual animal deseja se tornar caso não encontre a mulher certa: uma lagosta. Pois, como ele mesmo diz, as lagostas vivem cerca de 100 anos e são extremamente férteis.
Conforme os dias passam, David não encontra ninguém de seu agrado; seu trauma com o amor não é tão fácil assim de se superar. E enquanto os habitantes do lugar não estão sendo forçados a praticar atos robóticos, eles são enviados junto com funcionários para a floresta, para caçar os "Solitários", pessoas que se rebelaram e vivem escondidas da civilização. O problema é que, numa dessas caçadas, David se apaixona por uma fugitiva (Rachel Weisz).
Neste conto bizarro e genuíno do grego Yorgos Lanthimos, vemos uma crítica sarcástica a pressão em torno de termos um par romântico, mesmo que sem amor, ou vivermos solteiros para sermos independentes e escolhermos ficar com quem quisermos. No entanto, sem um verdadeiro propósito, ambos os lados não têm razão nenhuma. Um filme que merece ser visto e apreciado.

"The Lobster", 2015, dirigido por Yorgos Lanthimos, com Colin Farrell, Rachel Weisz e Ben Whishaw.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bastardos Inglórios

Senna

Dois Papas