Rocketman


Image result for rocketman movie
Nota: 7,5/10
"A única maneira de contar a sua história, é viver a sua fantasia"... A Paramount usou este chamariz para divulgar o trailer de Rocketman, o filme que conta a história de Elton John com Taron Egerton (Kingsman) interpretando o cantor. A declaração é cem por cento verídica: nadinha do filme vai lhe agradar se você não estiver disposto a entrar no "mundo" de Elton em suas duas horas de exibição.
Confesso que nunca fui um fã de carteirinha do cantor e nem conhecia muitas das suas canções; ouvia as mais conhecidas, como "Your Song" e "Sacrifice". Porém, após o filme, descobri o grande estouro que esse cara foi nos anos 80 emplacando um sucesso atrás do outro, e também porque ele é tão respeitado como um grande cantor e compositor (recebeu inclusive o título de "Sir." pela rainha Elizabeth II, pelos serviços prestados na música e na caridade).
No filme, Reginald Dwight descobriu cedo seu gosto pela música: logo quando criança já começava a dedilhar algumas coisas no piano, e sua mãe decidiu que ele deveria começar a ter aulas do instrumento. Logo, perceberam que o garoto era autodidata: aprendia um pouco, porém tocava muito mais que isso. Entre a adolescência e a fase adulta, Reginald começou também a compor. Foi quando conheceu Bernie, que além de se tornar um grande amigo, foi com quem fez dupla por um bom tempo e parceria em muitas das canções. Considerando seu nome não muito interessante, resolveu mudar para o nome artístico de Elton John. E então, com muito esforço e dedicação, se tornou um ícone pop e um dos melhores cantores e compositores de sua geração. Este mesmo Reginald teve uma vida cheia de desilusões amorosas, sofreu contra o preconceito em relação a sua sexualidade, se perdeu no mundo das drogas e enfrentou um abismo terrível, mas deu a volta por cima e hoje possui um belo legado.
Outra coisa bacana do filme é ver uma biografia de alguém que ainda é vivo. Essa mania que o povo tem de ficar homenageando só quando morre parece que é mais uma maneira de tentar ganhar dinheiro encima da fama ou da história de uma pessoa que já se foi.
Além do show visual de Taron, que foi acertadamente premiado no Globo de Ouro por sua atuação, o filme, que é um musical divertido com as melhores músicas de Elton, mas sem abrir mão da história, vale a pena. Porém, repito a advertência com que iniciei o texto: vejam apenas se estiverem dispostos a vivenciar a fantasia!

Idem, 2019, 2h01m. Dirigido por Dexter Fletcher, com Taron Egerton, Jamie Bell e Richard Madden.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bastardos Inglórios

Senna

Como Treinar o Seu Dragão 3