I Am Mother


Preview Image 250319
Nota: 7,5/10
Num futuro não tão distante, a população mundial foi extinta e uma garota (Clara Rugaard) vive sozinha junto com um robô (voz de Rose Byrne) ao qual chama de "Mãe", numa unidade de povoamento repleta de embriões artificiais. O robô ensina tudo o que a menina sabe: desde conhecimentos básicos como cálculos matemáticos, a conhecimentos mais avançados como noções de medicina e práticas cirúrgicas; além disso, explica que a jovem será responsável por ajudar a repovoar o planeta.
Sua existência é muito restrita dentro deste complexo onde vive apenas com uma máquina, até que surge uma misteriosa mulher (Hilary Swank) que fala que a garota não deve confiar no robô, e que deve fugir com ela daquele local.
I Am Mother é um ótimo filme de ficção científica cheio de simbolismos, que nos leva a refletir profundamente sobre a figura da maternidade e sobre nossa liberdade de escolha nesta Terra. Boa opção entre os filmes produzidos pela Netflix.

Idem, 2019, 1h53m. Dirigido por Grant Sputore, com Rose Byrne, Clara Rugaard e Hilary Swank.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bastardos Inglórios

Senna

Dois Papas