Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2020

Os Suspeitos

Imagem
Nota: 8,2/10 Denis Villeneuve com certeza é um dos melhores diretores da atualidade. O renomado diretor que começou a ser mais visto após a obra concorrente ao Oscar de melhor filme estrangeiro,  Incêndios , surpreende com um estilo único e pungente originalidade em cada um de seus filmes, independente do gênero. Neste emaranhado suspense policial, não é diferente.  O primeiro acerto do filme é no elenco escolhido a dedo. Hugh Jackman, apesar de mais popularmente conhecido por seu papel como Wolverine, é um ator muito versátil e foi bem escalado para encabeçar a estória. Jake Gyllenhaal dispensa apresentações e seus maiores fãs não entendem como o ator ainda não ganhou um Oscar. Viola Davis, apesar de não receber tanto destaque, também cumpre bem sua parte, e Paul Dano, considerado um dos maiores atores de sua geração, tem aqui uma de suas performances mais memoráveis, equiparando  Sangue Negro . Keller (Hugh Jackman) leva uma vida pacata com sua família, até que sua filha desaparece j

Corações de Ferro

Imagem
Nota: 7,8/10 Neste poderoso drama de guerra, acompanhamos a trajetória de um grupo de soldados americanos durante a 2ª Guerra Mundial, encabeçados pelo sargento Don Collier (Brad Pitt, em excelente atuação), um homem impetuoso e astuto que considera cada um dos que estão sob seu comando como membros de sua família. A união entre estes homens dentro do tanque de guerra, o "Fury", é tão grande, que eles aprenderão importantes lições juntos, como a irmandade, a lealdade e a honra, enquanto enfrentam seus algozes adversários. David Ayer ( Esquadrão Suicidada , Bright ) é um diretor com muito potencial, mas por enquanto não entregou muitos filmes memoráveis. Sem dúvida,  Corações de Ferro é seu melhor trabalho até agora. Não perca!    Fury, 2014, 2h14m. Dirigido por David Ayer, com Brad Pitt, Shia Labeouf e Jon Bernthal

Brooklyn

Imagem
Nota: 7,5/10 Brooklyn é aquele tipo de filme que, quando acaba, você exclama: "Mas já!?" Quando finalmente nos afeiçoamos a personagem e entregamos nosso coração a história, é hora de começar a ver os créditos finais... Contudo, consciente de que é realmente o término, você fica com a certeza de que a projeção foi digna do tempo investido. A trama não é convencional. Adaptado da obra literária do dramaturgo Colm Tóibín, prepare-se para uma experiência amarga, dramática e muito bem atuada. A talentosa e jovem atriz Saoirse Ronan ( Hannah ) protagoniza aqui um dos filmes que dariam maior visibilidade e destaque a sua carreira. Foi muito bem, por sinal. Na trama, Eilis (Ronan) é uma imigrante irlandesa que se muda para os Estados Unidos a fim de tentar uma vida melhor. Ela partiu compromissada com um homem de sua terra natal, prometendo voltar para os seus braços. Mesmo sentindo saudade do que deixou para trás, na nova vizinhança e na nova vida Eilis se apaixona loucamente por

Professor Peso Pesado

Imagem
Nota: 7,5/10 Scott Voss (Kevin James) é um dedicado professor de ginásio que trabalha numa escola que está com dificuldades financeiras. Para conseguir custear os gastos da instituição, a escola irá parar de oferecer importantes matérias extra-curriculares, que também podem colocar em risco os cargos de alguns professores. Querendo ajudar de alguma forma, Scott decide se inscrever numa competição de artes marciais que premiará o campeão com uma boa quantia em dinheiro, o suficiente para que ele doe a escola e ajude seus companheiros. Mas o caminho para a vitória não é assim tão simples, e esse atrapalhado professor vai levar muita pancada pelo caminho... Comédia bem divertida e na dose perfeita para toda a família conferir! Kevin James ficou muito bem no papel, você vai se deliciar com esta grata surpresa. Eu particularmente gosto bastante de filmes de boxe, e com esta comédia leve e descompromissada não foi diferente. Here Comes The Boom, 2012, 1h45m. Dirigido por Frank Coraci ( Click

A Vida dos Outros

Imagem
Nota: 7,5/10 Na Berlim Oriental de 1984, Gerd Weisler (Ulrich Mühe, numa atuação simplesmente impecável) é um agente secreto da polícia que passa a espionar um famoso escritor e sua amante a fim de descobrir se eles estão cometendo crimes contra o governo comunista, que censura firmemente qualquer um que possa estar cometendo atos de conspiração. Mas o problema é que, enquanto Gerd vigia a vida do pobre escritor, começa a perceber que o própria sistema que apoia e trabalha está repleto de cinismo e podridão. A Vida dos Outros  é um filme muito bem realizado, que nos envolve aos poucos com seu enredo instigante. Com um desenvolvimento lento, é compensado pelo roteiro bem amarrado e pela atuação de seu protagonista, Ulrich Mühe, para quem vai meu grande destaque. Amplamente premiado, o longa também recebeu o Oscar de melhor filme estrangeiro de 2007. Das Leben der Anderen, 2006, 2h17m. Dirigido por Florian Henckel von Donnersmarck, com Ulrich Mühe, Martina Gedeck e Sebastian Kock.