Tempo de Matar


Nota: 8,2/10
Neste competente e impactante drama dirigido por Joel Schumacher, presenciamos uma história trágica e nos apegamos aos personagens e ao enredo de maneira única, tamanha a qualidade das atuações e da obra como um todo.
Nos anos 80, numa área rural do Mississipi, vive Carl Lee Hailey (Samuel L. Jackson), um homem humilde, honesto e trabalhador, casado e pai de família. Carl Lee é negro, e tem que conviver com muitas situações desagradáveis porque o racismo impera no país. Numa fatídica tarde, dois homens brancos estupram brutalmente uma de suas filhas, uma jovem garotinha, quase levando-a a óbito. Num ato impensado e movido pelo ódio, Carl assassina os dois homens à sangue frio, quando estavam prestes a ser julgados pelo crime que cometeram. Agora, ele será defendido pelo advogado Jake Brigance (Matthew McConaughey), um rapaz obstinado e sem muita experiência, com um desejo sincero de ajudar a inocentar Carl pelo motivo ao qual reagiu. Mas as coisas se complicam quando a Ku Kux Klan é acionada para intervir pelo assassinato dos dois homens.
Um filme imperdível. Marcante e poderoso, a cena final é uma das melhores dos filmes de tribunal. 

A Time to Kill, 1996, 2h29m. Dirigido por Joel Schumacher (Por um Fio), com Matthew McConaughey, Sandra Bullock e Samuel L. Jackson. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como Treinar o Seu Dragão 3

Bastardos Inglórios

John Wick 3: Parabellum