A Bruxa

Uncle G's FUN Movie Reviews: The VVitch_A New-England Folktale (2015) –  Gary "Uncle G" Brown Archives
7,4/10
O diretor Robert Eggers fez sua estreia na direção com o terror A Bruxa, adaptando o próprio roteiro. É um filme aparentemente simples, que aborda acontecimentos relativos as bruxas de Salém, e com um apelo religioso muito forte. Mas não se engane pela superfície: o longa contém todos os elementos que caracterizam um terror de qualidade. As interpretações são pungentes, a utilização do som é abusiva e cria o clima de tensão desejado, e a fotografia é inesquecível, bem como a ambientação e as locações, que são soturnas e magnéticas. O suspense cresce a cada minuto em torno do tema principal, algumas cenas são arrepiantes o suficiente para ficarem gravadas na memória por um bom tempo, e as coisas são explicadas de forma sutil, dando ao espectador a oportunidade de interpretar o que vê em tela de forma alegórica. Em minha opinião, estamos aqui diante de um dos melhores filmes de terror da década, e além de sermos apresentados a um roteirista e diretor notavelmente promissor, de quebra também conhecemos a argentina Anya Taylor-Joy, numa atuação estupenda e forte para iniciar a carreira.
Uma família cristã é obrigada a se mudar de cidade, devido a proibição de praticarem tal fé no local onde vivem. Na nova casa, afastada da cidade, acontece algo totalmente inesperado: o mais novo membro da família, um inocente bebê, desaparece misteriosamente enquanto brincava com uma das irmãs (Taylor-Joy), deixando a mãe (Kate Dickie) à beira da loucura. Enquanto procuram pelo bebê na esperança de ainda encontrá-lo com vida, uma aura pesada vai revelando faces ocultas de cada um dos membros da família.  

The VVitch: A New-England Folktale, 2015, 1h32m. Dirigido por Robert Eggers, com Anya Taylor-Joy, 


 
  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ghost - Do Outro Lado da Vida

Com Amor, Simon

Correndo Contra o Tempo